Defensoria Pública em Caratinga promove o seminário de abertura do Projeto Recomeçar


Por Ascom em 4 de outubro de 2017

O Coordenador Local em Caratinga, Paulo César Azevedo de Almeida, participou, na quinta-feira, dia 28, do Seminário de Abertura do “Projeto Recomeçar: Rede Multidisciplinar de Tratamento da Dependência Química no Sistema Prisional”, evento realizado no Ginásio da Unidade I, do Centro Universitário de Caratinga (UNEC), com o apoio da Escola Superior da Defensoria Pública (Esdep) e do Instituto de Ciências Penais de Minas Gerais (ICP). Presentes, também o assessor Institucional, Rômulo Luis Veloso de Carvalho, e a defensora pública, Tamiris Gomes Brandão, em atuação em Caratinga.

De acordo com a diretora da Esdep, Hellen Caires Teixeira Brandão, o seminário “é uma das ações da Esdep para apoio às atividades de capacitação realizadas no interior do Estado”.

Na abertura, Paulo César de Almeida, um dos autores da iniciativa, apresentou os planos e objetivos do Projeto Recomeçar: a criação de uma rede integrada de atenção ao condenado que apresente vício em drogas, a fim de possibilitar que seu retorno ao convívio social seja mais eficiente. Para a formação dessa rede interdisciplinar de cuidado ao preso dependente químico, o Projeto adotará, como metodologia, a conjugação de assistência jurídica, tratamento psicológico ao condenado, paralelamente à prestação de serviços de assistência social à família do recuperando. “Espera-se, por meio desta união de esforços e técnicas, evitar a reincidência criminal e a cíclica reinserção do indivíduo no sistema prisional, com resultados positivos nos índices de saúde mental e segurança pública”, frisou o defensor público.

O defensor público Paulo César de Almeida (de pé)

O Seminário contou com palestra do presidente do Conselho Penitenciário de Minas Gerais, Bruno César Gonçalves da Silva, que abordou o tema “Drogadição e Encarceramento: Projeto Recomeçar e um novo olhar sobre a Execução Penal”. Participaram do evento, como debatedores, o inspetor de Metodologia da Fraternidade Brasileira de Assistência aos Condenador (FBAC), Robson José da Silva, e a Referência Regional de Saúde Mental, Evelange Alves.

O Projeto Recomeçar é fruto de uma parceria entre a Defensoria Pública Criminal e de Execução Penal da comarca de Caratinga, a Associação de Proteção e Assistência aos Condenados (APAC), o Centro Universitário de Caratinga (UNEC), e a Prefeitura Municipal de Caratinga, por meio do Centro de Atenção Psicossocial Álcool e Drogas (CAPS-AD) e a Secretaria de Desenvolvimento Social.



Calendário de cursos e eventos

<< out 2017 >>
dstqqss
1 2 3 4 5 6 7
8 9 10 11 12 13 14
15 16 17 18 19 20 21
22 23 24 25 26 27 28
29 30 31 1 2 3 4