Missão | Visão | Valores

Live sobre ‘desafios para a era digital’ encerra a programação da Semana da Defensoria Pública na DPMG


Por Ascom em 21 de maio de 2021

 Palestra online marca a estreia da série ‘Expresso e-Defensoria’, que terá episódios mensais com debates sobre o mundo contemporâneo na ótica das transformações digitais

O lançamento do projeto “Expresso e-Defensoria”, nesta sexta-feira (21/5), fechou a programação especial da Semana da Defensoria Pública. Trata-se de uma série com episódios mensais, promovidos pela Defensoria Pública de Minas Gerais, com o objetivo de debater temas do mundo contemporâneo relacionados com a atuação da Instituição sob a ótica das transformações digitais.

No primeiro episódio, com o tema “Desafios para a Defensoria Pública na era digital”, o professor da Universidade Federal da Bahia, André Lemos, falou sobre cibercultura, a mistura do físico com o digital, a dinâmica da sociedade e a mudança de comportamento imposta pelos avanços da cultura digital.

A abertura do programa foi feita pelo defensor público Roger Vieira Feichas, idealizador do projeto.  De acordo com ele, a websérie propõe lidar de temas contemporâneos fazendo a releitura dos aspectos legais.

O professor André Lemos fez uma retrospectiva do surgimento e construção da cultura digital, desde os anos 80. “Hoje estamos em um outro momento, com desafios importantes a serem vencidos”, afirmou.

De acordo com o professor, a cultura digital é fruto da evolução da informação, de uma busca cada vez mais frenética para uma automatização da informação e de transformação do mundo em dados que vão sendo operacionalizados. “Um dos pontos centrais da cultura atual são as plataformas e os processos de dataficação (transformação das informações em dados). A criação da Internet é uma sinergia entre a evolução dos mecanismos e de um meio social ativo de tomar a informação como um bem público”, explicou o professor.

André Lemos falou sobre o atual panorama da cibercultura, onde se vê um domínio do rastreamento da vida para diversos fins. “Grande parte das informações são rastreadas para fins comerciais, mas podem ser usados também para fins políticos, dependendo do regime em que se vive”, alertou.

O professor falou também sobre a necessidade de mecanismos de polarização da informação. “Hoje a cultura digital é controlada por poucas empresas tanto no Ocidente quanto no Oriente”.

Outro ponto abordado pelo palestrante foi sobre a curadoria dos algoritmos definindo o destino daquilo que é postado ou lido nas redes sociais “As plataformas procuram agradar os usuários para que permaneçam fiéis a elas, mas podem influenciar em humores políticos, econômicos e sociais, por exemplo”, explicou o professor.

Para a live “Expresso e-Defensoria”, clique aqui. https://www.youtube.com/watch?v=3kUaxtS5j2c

Todas as lives realizadas durante a Semana da Defensoria Pública encontram-se disponíveis no canal da Defensoria Pública no Youtube (www.youtube.com/c/defensoriamineira).

Cristiane Silva – Jornalista DPMG



Calendário de cursos e eventos

<< out 2021 >>
dstqqss
26 27 28 29 30 1 2
3 4 5 6 7 8 9
10 11 12 13 14 15 16
17 18 19 20 21 22 23
24 25 26 27 28 29 30
31 1 2 3 4 5 6